Cabeçalho do Blog!

Como possuimos o costume de trocar a imagem do cabeçalho do nosso boletim periódicamente, nessa página arquivamos todas as fotos que já fizeram parte dele, juntamente com suas informações.

 

Foto do dia 11/11 à 31/12

cropped-imagem137.jpg

Os parques públicos paulistanos são grandes espaços livres com uma missão difícil diante da rotina urbana de nossos dias: Inserir áreas verdes no grande sítio urbano das metrópoles. 

Asfalto e calçamento, desmatamento de áreas verdes próximas e canalização de rios são apenas alguns dos responsáveis por tornar as cidades em áreas de enfática elevação das temperaturas e ausência de umidade. A qualidade de vida despenca e os índices de doenças respiratórias disparam. 

Dormimos mal, nos alimentamos mal, seguimos uma rotina de semanas inteiras de pressão em vários aspectos da vida cotidiana, desde o trânsito nas ruas até a rotina do trabalho e dos estudos e quando finalmente conseguimos algumas horas de descanso e temos a coragem de abandonar o império da televisão de domingo para irmos à um parque público o que vemos? 

Vemos lindas paisagens, belas cenas, como um lindo cisne negro, deslizando pelas águas espelhadas de uma das lagoas do parque do Ibirapuera. Tudo bem as águas não são limpas, mas a vegetação do entorno, o gramado, as árvores… puxa dá até pra ignorar que a água não está límpida… Não como gostaríamos. 

Mas o cisne estava lá! Negro e com seu pescoço se curvando harmonicamente para tocar as águas da lagoa. Uma cena tão bela. Tão leve e suave. Realmente uma visão magnífica para uma tarde de domingo… Não fosse um sujeitinho estúpido, torpe imbecil, que atirou um saquinho de um alimento artificial qualquer na mesma lagoa e a embalagem ficou boiando a poucos metros do cisne, estragando totalmente a cena! 

Pensei em tantas coisas… Nomes feios… A pobre ave mordiscando o papel e engasgando com plástico metalizado…

O horror me tomou! Saquei o celular que tem câmera fotográfica pra flagrantes espetaculares e registrei um dos maiores flagrantes da minha vida. Só pra dividir esta frustração: Contemplar a beleza criada pela mão humana maculada pelo mesmo autor. Afinal que espécie somos nós? Capazes de criações tão singulares até para destruir… Com um simples ato descuidado? 

Deixo essa reflexão digna de uma tarde de domingo para todos e… Claro! Gostaria de finalizar meu relato contanto que, com a ajuda de meus amigos retiramos a embalagem da água e jogamos no lixo, atividade para a qual nos dedicamos por toda aquela tarde e por todos os caminhos do parque que percorremos, para acalmar os nervos depois daquela cena. 

Quem sabe nosso pequeno gesto possa desencadear outros menores ou maiores, não importa. Basta tornar as tardes de domingo mais suportáveis pra começar. Só pra começar!

Professora Angélica (Foto e texto)

 

 Foto de 21/10 à 10/11

Foto da Lagoa Gaiv, localizada no Pantanal do Mato Grosso. Essa foto foi tirada pelo fotografo Araquém Alcantara. Nos mostra uma das belezas naturais do nosso pais!

Amanda Manso*

Foto do dia 11/09 à 20/10

As queimadas na Amazônia, hoje, são uma das maiores causas de desmatamento. Não podemos continuar a assistir nosso maior patrimonio ambiental ser destruido de bocas fechadas e braços cruzados. Precisamos falar por quem não pode ser defender!

Amanda Manso*

 

 

Foto do dia 11/07 à 10/09

Cachoeira dos Pretos. Localizada no municipio de Joanopolis, tem seu acesso pelo municipio e tambem por cidades proximas, como São Francisco Xavier e Monte Verde, por estradas de terra. É a maior cachoeira iluminada de São Paulo. Seu nome tem duas histórias, uma lendária e uma real. Na lendaria conta-se que os escravos que fugiam das senzalas eram jogados lá de cima como castigo e exemplo para outros escravos. Na real, a cachoeira levou o sobrenome da familia que era dona das terras onde ela se encontra. Hojo local tem uma infro estrutura para receber visitantes, com esportes radicais, restaurantes e guias.

Amanda Manso*

Foto do dia 26/06 à 10/07

 

A imagem acima é da cidade de Pimenta Bueno, em Rondonia. Agora existe uma nova “técnica” de desmatamento, onde deixa-se algumas arvores para tentar enganar os satélites que monitoram a floresta. As vezes é preciso refletir se a tecnologia está do lado “verde” da luta, ou não. É mais facil enganar máquinas ou enganar homens?!  

Amanda Manso*

Foto do dia 11/06 à 25/06

Por do sol na rodovia Dutra, fotografado no dia 25/05/2008

Amanda Manso*

 

Foto do dia 26/05 à 10/06

 

 

Lagoa de chuva acumulada na margem direita da “Trilha do 73”, Base do Perequê, Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Ilha do Cardoso, São Paulo, Brasil, maio de 2007.

 

Foto do dia 11/05 ao dia 25/05

Foto de Liquen visto na Ilha do Cardoso, durante expedição a Canenéia, realizada 2007. O liquem vermelho é muito sensivel a poluição atmosferica e por isso funciona como bio indicador de poluição, já que não conseguem sobreviver em locais com poluição atmosférica. Hoje, corremos um grande risco de leva-lo a extinção, uma vez que ele só sobrevive em locais onde não haja poluição atmosférica.

Amanda Manso*

Foto do dia 26/04 ao dia 10/05

Foto cedida pela Thais, foi retirada da revista Guia do Estudante Vestibular. Retrata a seca, na India, que em 2003 matou mais de 1300 pessoas. Essa mulher carrega um recipiente com água pelo leito seco de um rio.

Amanda Manso*

Foto do dia 11/04 ao dia 25/04

Nessa foto, podemos ver (Alem do Ameba, de costas) o encontro do Rio Vermelho, ou rio Coca-Cola, com o Mar. Ele tem essa cor devido a grande quantidade de matéria orgânica que está em decomposição em suas águas. Como sua nascente fica no alto, o intemperismo decompõe a rocha, e faz com que esse rio carregue todo o produto dessa decomposição. A Areia no fundo dele é preta, por conta da grande quantidade de planctom, tambem em decomposição. Na imagem podemos identificar, claramente o encontro entre as duas águas. A do Rio, mais avermelhada, e a do Mar, mais puxada para um tom de verde.

Essa foto foi tirada na Ilha Comprida, durante a saída de campo para Análise de Populações e Formações costeiras, realizada de 27 à 29 de abril de 2007.

Curiosidade: O petróleo é formado a partir desse plancton em decomposição, juntamente com a pressão e temperatura, ou seja, o petróleo tem origem fósil marinho

Amanda Manso*

Foto do dia 25/03 ao dia 10/04


Mostra um vazamento de óle, de um navio Russo, que teve o casco rompido por uma tempestade em Nov/2007, derramando óleo entre os mares Negro e de Azov, estava indo em direção a Ucrânia, após ter partido do sul da Russia. As autoridades afirmaram na época que, cerca de, 2000 litros de óleo vazaram e isso causou um sério impacto ambiental que levará anos para ser reparado.

Fonte: Jornal O Globo (11/11/2007)

*Amanda Manso

Anúncios

3 Respostas so far »

  1. 1

    Angélica said,

    Maaaaaaaaaaaaands!
    Que foto irada!
    Parabéns a equipe pela escolha!

    Essas manchas de óleo são muito mais preocupantes do que possamos imaginar!

    O tráfego de navios petrolheiros no mundo todo é gigantesco, tamanho o mercado de produção e consumo que depende desse óleo!

    Os vazamentos são muitos porque esses navios são gigantescos, mal cuidados e muitos não fazem revisão porque a fiscalização é extremamente complicada (enteda-se por inexistente) em muitos países.

    Os vazamentos que chegam a público, como esse da foto, só chegam porque acontecem perto da costa continental. Muitos acontecem em alto mar onde não tem alguém por perto para registrar. Esses são ainda piores porque a circulação marinha é mais forte e o impacto negativo é ainda maior.

    Pois é meus amigos é de revoltar mesmo!
    A atitude nesses casos é mais complicada!
    Mas falar a respeito já é algo… não?

    Boa escolha da foto meus queridos vaquiinhas!
    Firme aí!
    Beijo

    (Comentário feito sobre a foto do vazamento no dia 25/03/2008)

  2. 2

    Lix said,

    A foto do período de 11/04 a 25/04 deveria ter um título como:

    “…um homem… Um lugar…”

    Nossa que lindo!
    Ameba o Deus!
    Cananéia o Paraíso!

  3. 3

    Marina said,

    o.o

    Fotos Legais

    \o/


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: