Floresta Zero?!

Depois do Fome Zero o novo projeto de lei que vem se espalhando pelo Congresso Nacional é o FLORESTA ZERO

O Floresta Zero é um projeto de lei que, a partir do momento que for aprovado, será um golpe para TODAS as florestas brasileiras, em especial, a Amazonia.

O projeto de lei 6424/2005 reduz a reserva legal para 50% e ainda permite compensar em outros locais o excedente desse limite. Por exemplo vc pode desmatar a Amazonia e replantar no Rio de Janeiro. Afinal, que mal haverá em se desfazer de um “pedaço de mato”?!

O Brasil demorou 450 anos para destruir, praticamente, uma floresta inteira, a Mata Atlantica que se espalhava em 1 milhão de quilometros quadrados, entre o Paraná e o Rio Grande do Norte. Porem a Amazonia vem sendo destruida, pelo menos, DEZ vezes mais rápido, em menos de 40 anos já destruimos mais de 700 mil quilometros quadrados (o equivalente a quase tres estados de São Paulo), e o nosso governo ainda continua querendo arrumar um jeitinho de destruir de uma forma “legal”.

A aprovação dessa lei irá incentivar a destruição da floresta e inocentar milhares de crimes ambientais.

A Amazonia ocupa 5% do solo do planeta, onde abriga a MAIOR biodiversidade do mundo! Hoje, já somos o 4ª maior emissor de gases do efeito estufa do mundo, sendo 70% desses gases provenientes da queima e do deesmatamento. O pior de tudo é que perdemos para países desenvolvidos, que tem seu indice de emissão alto por conta do consumo de petróleo, principalmente. Paises que ocupam os “cargos” de grandes potencias do mundo. Ela tambem tem uma enorme importancia social e economica no pais, uma vez que suas chuvas, alem de serem essenciais para a região, ajudam na produção de alimetos, de energia e no abastecimento de água de muitas regiões proximas a ela. Não podemos simplismente acabar com a economia nacional visando apenas a exportação e o biocombustivel. Quando o solo da Amazonia, que está sendo desmatado, se esgotar, o que faremos para girar a economia do país?! A população ainda terá fome e sede, porem não terá mais de onde tirar alimento ou água. Isso sem contar os 22 milhões de brasileiros que habitam a floresta Amazonia, aqueles que são mais prejudicados pelos desmatamento. Alem dos danos citados acima, que tambem os atinguem, o desmatamento faz com que eles não possam se desenvolver socialmente, tanto é que 80% da escravidão do país está concentrada nessas áreas.

Não podemos aceitar que ao invés de proteger a Amazonia, o governo crie leis para destrui-la. O que precisamos é um plano de redução de desmatamento e conservação, podendo pensar ainda em preservação, dependendo do tamanho do estrago no momento em que alguem tomar uma atitude. O Congresso não pode virar as costas para a Amazonia…

Defendemos com unhas e dentes a Amazonia dos outros paises que alegam que ela não é nossa para isso?! Para criarmos leis que autorizam a sua destruição. Não é porque ela é nossa que podemos fazer o que bem entendermos… Antes de ser nossa, ela é um bem que a natureza nos deu, uma riqueza que as maiores potencias do mundo não possuem… O planeta caminha para o dia em que alguns metros quadrados de mata preservada valerá muito mais que petroleo… Não podemos jogar fora nossa maior riqueza.

Temos que dizer não ao Projeto de Lei 6424/2005 para defender TODAS as nossa florestas, em especial a Amazonia…

O GreenPeace criou um site para arrecadar assinaturas online como tentativa de mostrar aos nossos deputados o tamanho da besteira que estão fazendo.

Todos nós podemos colaborar com nossas “assinaturas”

www.meiaamazonianão.org.br

PRECISAMOS LUTAR A FAVOR DAS NOSSAS FLORESTAS!!!

fonte: meiaamazonianão.org.br

Amanda Manso*

Anúncios

8 Respostas so far »

  1. 1

    rogerio said,

    ‘”O projeto de lei 6424/2005 reduz a reserva legal para 50% e ainda permite compensar em outros locais o excedente desse limite. Por exemplo vc pode desmatar a Amazonia e replantar no Rio de Janeiro. Afinal, que mal haverá em se desfazer de um “pedaço de mato”?! ”

    Não e bem assim, obviamente apoiado pelo interesse de grandes produtores rurais, o projeto prevê o plantio de até 30% de espécies exóticas em áreas de Reserva Legal na Amazônia, reduzindo de 80% para 50% a reserva, não e replantar onde quiser….entendo e tbm sou contra a destruição por motivo de expansão do negocio pecuarista, essa visão de que nessa hora de crise mundial de alimento o Brasil se torne o celeiro do mundo apenas reforça uma idéia de que o nosso país sempre será fonte de produtos sem valor agregado. isso é economicamente estúpido….sobre trabalho escravo …ah anos a lei que retem terras que possuam esses trabalho esta parada mas isso e bem mais que questao ambiental….

    Boa matéria mas menos sensacionalismo ok V.A.CA?

  2. 2

    rogerio said,

    Não podemos simplismente acabar com a economia nacional visando apenas a exportação e o biocombustivel. Quando o solo da Amazonia, que está sendo desmatado, se esgotar, o que faremos para girar a economia do país?!

    o que faremos??? 12% da amazonia e pasto …..ma sisso nao e nem 15% do que produzimos….cometario infeliz rsrsrs

    AMAZÔNIA LEGAL (BRASILEIRA)
    É cerca de 61% do território brasileiro.
    Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão. Sendo :
    AMAZÔNIA OCIDENTAL
    Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima
    AMAZÔNIA ORIENTAL
    Pará, Maranhão, Amapá, Tocantins e Mato Grosso.
    Ver mapa http://www.ada.gov.br/amazonia/geografica.asp .
    AMAZÔNIA CONTINENTAL
    Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Republica da Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

    nenhum desses estados esta entre os maiores pecuaristas do Brasil…

  3. 3

    [V.A.C.A.] said,

    O fato deles não estarem entre os maiores pecuaristas do Brasil, não quer dizer que podemos incentivar que eles virem isso, afinal eles possuim boa parte de seu territória de mata.. Que deve ser preservado… Não existe apenas a pecuária para ser explorada…

  4. 4

    [V.A.C.A.] said,

    A Lei de reter terras com trabalho escravo está parada, mas uma vez que uma coisa como essa for legalizada talvez possam controlar essas áres… Afinal, se necessitam do trabalhador é pq “trabalham” essa áreas, o que não acontecerá se preservarem, ou ao menos conservarem, a floresta!

  5. 5

    Marina said,

    Mais um vez do aqui sem nada pra fazer…
    Então li o artigo…
    Otimo Artigo!!

  6. 6

    Marina said,

    e eu digo não para Lei 6424/2005 !!!!!!!!!!

  7. 7

    Rogerio said,

    economicamente falando oq ue mais pode ser feito na amazonia visto a cuidar financeiramente desses 22 milhoes acima citados???? somente a zona franca nao da conta disso..e o plantio de soja (como dito em outro artigo daqui mesmo) e extremamente favoravel na regiao proxima a mata, entao como gerar empregos , gerar dinheiro , preservar, e manter o brasil como grande produtor? me parece uma sinuca essa situação….qual a solução que o VACA propoe?

    ate que enfim uma discussao….

    Abraço as/os integrantes do projeto

  8. 8

    Jaqueline said,

    Bom… adorei o artigo e acredito que devemos sim, nos moblizar contra esse tipo de atitude impensada, afinal de contas, a Amazônia é de todos os brasileiros e não só dos políticos para que eles façam o que quiserem com ela….

    Eu também sou contra o projeto de lei 6424/2005….


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: